FEMInine Nfts Universe

FEMINU (Feminine NFTs Universe) foi a primeira exposição a reunir mulheres cis, mulheres trans, não-binaries e travestis no Museu xyz no metaverso Cryptovoxels aberta em 8 de março de 2022. Sessenta artistas, incluindo a idealizadora e curadora Ghini, foram reunidas por uma força que desafiou o acaso, a fim de dar visibilidade à essa diversidade que representa apenas 5% no universo dos NFTs.

Logo

Feminu DAO

A FEMINU DAO pretende dar formação aos artistas, partilhando informação, experiências com a comunidade, promovendo oportunidades, aprendizagem e possibilidades de crescimento para os artistas. Respeitando o fluxo de experiências criativas de cada membro do Dao e dos participantes dos treinamentos, atividades e exposições. Comprometendo-se com os prazos e com a comunidade. Contraparte Social: construção e realização de edital de aquisição de bens (computadores), para artistas em situação de vulnerabilidade social, e que estejam sem equipamentos para trabalhar.

FEMINU está sendo a primeira exposição no mundo NFT a dar visibilidade a artistas brasileiras cis, mulheres trans, não-binárias e travestis com idealização e curadoria de Ghini. É uma exposição que veio para celebrar o feminino em toda a sua diversidade e agora tem um próximo objetivo que é realizar a "FEMINU Internacional" cobrindo artistas de todo o mundo, dando visibilidade a quem tem poucas oportunidades de expor seus trabalhos em o mundo físico, bem como no universo NFT.

Projetos

AMAR Ehxibition
(Exposição)

O objetivo deste projeto é usar o mês comercial do Dia dos Namorados no Brasil para fazer uma balada coletiva com obras que celebram as diversas formas de amor e relacionamento. As obras cunhadas poderão participar da exposição AMAR que será realizada no Aquário FEMINU localizado no Metaverso de Cryptovoxels por 10 dias.

Entrevista e bate-papo com uma pessoa não-binária, para falar sobre o tema combate à violência e ao não binarismo

Ouvir a perspectiva de L sobre sua experiência como pessoa não-binária e como artista. Entreviste L e torne ainda mais visível seu trabalho como artista. L é uma artista que começou na FEMINU EXPO em 08 de março, e desde então vem se destacando por suas participações em outras exposições do metaverso como a Exhibition 8, MintbaseSunday e o projeto MUTHA.

Workshop sobre Montagem de Portfólio e a importância do seu uso

Este workshop GRATUITO trará conhecimento para artistas e participantes, que desejam aprimorar profissionalmente a apresentação de seus trabalhos. A documentação faz parte do trabalho de cada artista, é o registro histórico de suas obras, atividades, catalogação, fotografia, diário, caderno de desenho e assim por diante.

Crie frases para combater a violência

Realizar uma ação que traga reflexão sobre a violência, ajudando no combate e discutindo a pauta.
Incentivar os artistas a sairem da zona de conforto, gerando reflexão entre os membros da comunidade.

Vídeos do FEMINU DAO Manifesto

O principal motivo deste projeto é criar uma obra audiovisual em português que apresente o Manifesto FEMINU DAO no mês em que serão abertas as inscrições para o FEMINU Internacional, evento que receberá mais de 100 artistas de todo o mundo. O Manifesto expressa de forma poética as intenções de unir esforços em torno de mulheres cis, mulheres trans, mulheres não-binárias e travestis.

Manifesto

Somos um conglomerado de minorias totalmente distintas que se juntam num encaixe perfeito em sua forma e em sua força.
Somos pessoas negras, e em nosso corpo ecoa o encantamento do jango que estremecia o chão batido das senzalas.
Somos orientais descendentes das onna-musha e delas herdamos nossas habilidades como guerreiras.
Somos indígenas e nosso grafismo é o berço da arte mundial.
Somos pessoas periféricas com nosso hip hop a invadir as salas de concertos.
Somos imigrantes do mundo.
Nossas orações percorrem diversos caminhos para chegarem ao mesmo céu.
Somos pessoas que exercem o direito de escolha do gênero que desejamos ter.
Somos cis e não cis.
Dizemos não ao binarismo e sim à liberdade dos corpos.

Mudamos para que nossos corpos ou vestimentas reflitam a nossa alma.
Somos trans e somos travestis.
Sofremos violência diária, muitas vezes por simplesmente querermos ser quem somos.
Sofremos incompreensões, racismo, misoginia, preconceito e exclusão.
Nossas lágrimas são colhidas em pequenos potes de cerâmica, cristalizadas em pedras preciosas pelos Deuses e Deusas de todas as crenças.
Somos uma força que brota da união.
Somos vozes que precisam ser ouvidas.
Nossos corpos são pura arte, assim como nossos corações.
Somos pessoas com escolhas, origens, raças, credos e gêneros distintos e nos unimos pela força que interliga as nossas almas de artistas.
FEMINU é o feminino universal que nasceu para abraçar essa multiplicidade de seres de livre pensar e agir.

- Ghini (Brasil) / 28 / 04 / 22

Artistas

ghini

GHINI

Ghini é um artista tradicional, digital e NFT, metacuradora, metaarquiteta e poeta. As exposições de NFT: Nova Iorque (NFT.NYC 21), Art Basel Miami Week 21; Cryptovoxels Metaverse Exhibitions: BrazucasNFT, Las Roccas by Ghini, Exposição FEMINU de Guerreiros de Ghini...
Ver Mais >>

Natasha

NATASHA

Natasha Cremonese, é professora de Arte/Educadora de Arte, por formação, graduada pela UNINTER, estudando Pós-Graduação em História e Cultura Afro-Brasileira e Indígena. Produtora Cultural. Ensina em escolas públicas e privadas e em projetos sociais...
Ver Mais >>